QUAL É O PAPEL DA LIDERANÇA NA IMPLEMENTAÇÃO DA GC DE ACORDO COM A NORMA ISO 30.401?

O Tribunal de Contas da União (TCU) define alta administração no setor público como o:

“ (…) conjunto de gestores que integram o nível estratégico da organização com poderes para estabelecer as políticas, os objetivos e a direção geral da organização. Equivale ao conceito de “dirigente” do setor privado. No setor público, compõem a “Alta Administração” os principais dirigentes da organização (p. ex. Ministros e Secretários de Estado, secretários-executivos, secretários ou autoridades equivalentes, presidentes de tribunais, presidentes e diretores de agências nacionais, autarquias, fundações mantidas pelo Poder Público, presidentes de empresas públicas e sociedades de economia mista).

Sabe-se que o comprometimento da alta administração é fundamental para o sucesso da implementação de qualquer iniciativa gerencial na administração pública. Com a GC não é diferente. Segundo a Norma ISO 30401: 2018 (E) – Sistemas de Gestão do Conhecimento (GC), a alta administração deve demonstrar liderança e comprometimento com o Sistema de Gestão do Conhecimento da organização de diversas formas. Destacamos, a seguir, 10 ações que devem ser executadas, de acordo com a Norma, pela alta administração: 1) adotar valores organizacionais que sirvam para aumentar a confiança como elemento principal da GC; 2) assegurar: a definição da política e dos objetivos de GC, o alinhamento dessa política e objetivos com os direcionadores estratégicos da organização e a avaliação do Sistema de GC; 3) garantir a integração do Sistema de GC com o negócio ou missão da organização, assim como com seus processos principais; 4) disponibilizar os recursos necessários para o Sistema de GC; 5) comunicar à organização a importância de se implementar a GC de maneira eficaz e de atender, ou até mesmo superar, os requisitos do Sistema de GC; 6) gerenciar o processo de mudança para que o Sistema de GC seja implementado de maneira efetiva e para que se crie na organização uma cultura que valoriza, apoia e viabiliza a GC; 7) assegurar que o Sistema de GC alcance seus resultados esperados; 8) direcionar, motivar, inspirar, empoderar e apoiar as pessoas, contribuindo, assim, para a eficácia do Sistema de GC; 9) promover a melhoria contínua do Sistema de GC; e 10) apoiar outros papéis gerenciais relevantes mostrando como a GC se relaciona com áreas de responsabilidade desses papéis.

A Norma ISO 30401 define também um papel importante para a alta administração com relação à política de GC. Cabe a ela estabelecer uma política que tenha as seguintes características: 1) seja adequada ao propósito da organização; 2) ofereça um modelo e princípios orientadores para estabelecer, rever e alcançar os objetivos de GC; 3) inclua o comprometimento com o atendimento aos requisitos aplicáveis à organização; 4) crie expectativas em todos os servidores/funcionários com relação ao Sistema de GC e ao estabelecimento de uma cultura de valorização do conhecimento; 5) contemple um comprometimento com a melhoria contínua do Sistema de GC; e 6) aborde de forma equilibrada o compartilhamento e a proteção do conhecimento.

A alta administração deve assegurar ainda a nomeação de gestores públicos com responsabilidade e autoridade para exercer papéis relevantes no Sistema de GC e comunicar isso a todos na organização, assim como às partes interessadas externas conforme a necessidade.

Finalmente, a alta administração deve delegar responsabilidade e autoridade para: garantir que os Sistemas de GC atendam os requisitos na Norma ISO 30401; assegurar o engajamento das pessoas e a implementação efetiva do Sistema de GC na organização; e para que o desempenho do Sistema de GC seja a ela relatado.

Como se pode observar, a liderança e o comprometimento da alta administração são fundamentais para o êxito do planejamento, implementação, manutenção e melhoria contínua dos Sistema de GC.

PARA SABER MAIS

International Standard ISO 30401 – Knowledge management systems – Requirements.  1ª Edição, novembro de 2018. Número de referência ISO 30401: 2018 (E).

Glossário. Tribunal de Contas da União. Disponível em: file:///C:/Users/fabio/Downloads/Glossario_GovPessoas2013.pdf. Acessado em 24 de jul. de 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: